Desenvolvido por Miss Lily Comunicação
Quem Somos Assine Já Fale Conosco FAQ Meus Dados Fazer Login
Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Delicious Blogger WordPress Enviar por e-mail
  Home

 

Tigres Asiáticos
 

TIGRES ASIÁTICOS

O Japão, recuperando-se da terrível derrota sofrida na Segunda Guerra Mundial, desenvolveu seu próprio modelo de capitalismo: a produção de bens a preços baixos e destinados à exportação. Também implementou uma bem planejada e bem sucedida reforma agrária gerando um aumento rápido na renda dos fazendeiros, resultando na criação de um mercado local para novas fábricas. O crescimento imenso e ininterrupto da economia japonesa após a Segunda Grande Guerra resultou na criação de um dinâmico mercado em toda a área do Pacífico. Além de estimular o crescimento de países vizinhos, o Japão serviu de modelo, como é o caso da Coreia do Sul, um dos países mais pobres na década de 1960, que se transformou numa nação semi-industrializada, tendo crescimento econômico surpreendente.

Japão e Coreia do Sul não foram as únicas histórias de sucesso econômico na Ásia durante as décadas 1970 e 1980. Taiwan, Hong Kong e Cingapura também participaram ativamente do comércio mundial. Juntamente com a Coreia do Sul, essas nações compartilharam o título de "quatro pequenos tigres asiáticos" (sendo o Japão o Grande Tigre Asiático) devido a sua agressiva busca por mercados estrangeiros e em virtude de seu grande crescimento econômico e industrial. Esses países tinham poucos recursos naturais, mas isso era compensado com trabalho duro e baixos salários. Taiwan, Hong Kong e Cingapura também deviam sua prosperidade às políticas governamentais que incentivavam a iniciativa privada. Grandes exportações vindas dos "pequenos tigres asiáticos" incluíam tecidos, roupas, sapatos, brinquedos, pequenos utensílios e equipamentos eletrônicos.

No final da década de 1990, as exportações chegavam a mais de 200% do PNB (produto nacional bruto) em Cingapura e a mais de 100% em Hong Kong. O índice de crescimento era alto nos Tigres Asiáticos, apesar da crise econômica asiática. Não é de se surpreender que a população desses países tinha um alto nível de alfabetização. O investimento em educação, tecnologia e transportes e a adoção de economias de mercado permitiram que as economias dos Tigres Asiáticos se desenvolvessem de forma marcante: Hong Kong elevou sua renda per capita em cinco vezes mais que a da China continental.

Com o passar do tempo, o termo Tigre tornou-se sinônimo de uma nação que alcançou o crescimento ao implementar um modelo econômico baseado na exportação. Recentemente, nações do Sudeste asiático, como Indonésia, Malásia, Filipinas e Tailândia também passaram a ser consideradas Tigres.

 


página anterior   1 2 3 4 5   próxima página

 

ver aula anterior: O Japão
 

 
Sequência de Aulas

 

Ver todos
Apostilas


 

Minhas provas passadas
Recurso do gerador de provas
Professor: armazene on-line as provas que você criou no 10emtudo