Desenvolvido por Miss Lily Comunicação
Quem Somos Assine Já Fale Conosco FAQ Meus Dados Fazer Login
Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Delicious Blogger WordPress Enviar por e-mail
  Home

 
Steven Spielberg
 

Steven Spielberg

Sua vida e suas obras-primas cinematográficas

Steven Spielberg

Diretor, produtor e escritor, Steven Spielberg é um grande filantropo e um dos cineastas mais renomados e mais famosos do mundo.

Sua Vida

Nascido no dia 18 de dezembro de 1947 em Ohio, nos Estados Unidos, Steven Spielberg é filho de uma tradicional família judaica. Sua avó sobreviveu a Auschwitz - campo de concentração nazista - carregando consigo números que foram tatuados pelos nazistas em seu braço. Seu pai, Arnold Spielberg, é um brilhante engenheiro eletrônico e sua mãe, Leah Adler, uma pianista. 

Um dos personagens de seus dois primeiros desenhos animados, um pequeno ratinho judeu, chamar-se-ia "Fievel", o nome de seu avô, com quem Spielberg era muito apegado.

Num período de treze anos de sua infância, Spielberg e suas três irmãs viveram em quatro cidades diferentes nos Estados Unidos, devido ao trabalho de seu pai.

A carreira de Spielberg começou quando ele tinha doze anos de idade. Gostava de montar cenários com desastres de trens, usando seus próprios brinquedos. Um dia, quando ainda era pequeno, Steven pegou a câmera de seu pai e filmou um incrível desastre, no qual vários trens se chocavam, enquanto personagens de plástico reagiam com pavor. "Eu sabia que queria ser diretor de cinema" diz ele.

Na escola, Spielberg deparou-se com o antissemitismo. Havia épocas em que apanhava diariamente no recreio.

Ainda na escola, Spielberg começou a produzir filmes em 8mm. Às segundas-feiras fingia estar doente para poder editar os filmes que havia feito durante o final de semana. Sua técnica favorita era colocar o termômetro perto de uma lâmpada, da mesma maneira que seu personagem Elliot faz em E.T.

Spielberg cursou, sem chegar a se formar na época, a faculdade "California State College", vindo a concluir seu curso somente agora, em 2002. Spielberg foi contratado pelos Estúdios da Universal, como diretor de televisão, dirigindo episódios das séries de televisão Colombo e Night Gallery.

Spielberg se casou com Amy Irving em 1979, com quem teve seu primeiro filho, Max (1985). O casamento durou apenas 10 anos. Enquanto rodava Indiana Jones, Spielberg conheceu a atriz Kate Capshaw. Kate era mãe adotiva de um pequeno menino negro, Theo. Em 1991, Spielberg e Kate se casaram. Spielberg adotou Theo e o casal teve mais quatro filhos e adotou mais um. Kate tinha se convertido ao judaísmo anos antes de conhecer Spielberg e foi a responsável por trazer Spielberg mais próximo da religião judaica.

Filmes

Seu primeiro trabalho como diretor de um filme de longa metragem foi em 1974, no filme Sugarland Express. Spielberg escreveu uma historia que retrata a corrida de automóveis. A atriz principal de Sugarland Express é Goldie Hawn.

Em 1975, Spielberg dirigiu seu segundo filme, Tubarão, que foi um grande sucesso, tendo sido indicado ao Oscar de melhor filme. Sua filmagem custou $8,5 milhões de dólares e o filme faturou $260 milhões. Tubarão foi considerado pelo Instituto Americano de Filmes como um dos 100 melhores filmes de todos os tempos.

Depois de Tubarão, Spielberg dirigiu Close Encounters (1977), filme que foi indicado a oito Oscars, inclusive o de melhor diretor. Spielberg já se consagrara como um revolucionário da indústria cinematográfica com seu toque único e uma clara visão do que as pessoas queriam ver nas telas dos cinemas.

Em O Império do Sol, os horrores da guerra no Pacífico durante a Segunda Guerra Mundial são recontados através da saga de um menino separado de seus pais durante a ocupação japonesa. Em E.T.- o Extraterrestre (1982), o enfoque é dado, na maior parte, através da visão de uma criança que conviveu com um extraterrestre de 1,50 m de altura que estava à procura de amor no estranho mundo de um subúrbio americano.

Para ele, o filme E.T. (1982) serviu para vivenciar a juventude que não teve. Há sempre um maravilhoso sentido de contexto em seus filmes. E.T., uma criatura espacial benevolente e única, encontra seu par em um menino que vive com sua mãe e irmãos, numa casa localizada num subúrbio, onde todas as casas têm a mesma fachada. Este personagem espacial faz um passeio de bicicleta "aérea" gerando sentimentos maravilhosos e estranhos aos padrões usuais da infância e da sociedade terrena.

No mesmo ano de 1982, três pessoas, entre elas Leopold Page, vão ao seu encontro levando o roteiro original do que viria a ser, verdadeiramente, o filme de sua vida, A Lista de Schindler; manuscrito que ficaria em suas mãos por uma década até começar a produção do filme.

Em 1982, Spielberg produziu o filme de horror Poltergeist. Em 1984, ele abriu sua própria companhia, Amblin Entertainment. Amblin era somente um estúdio de produção. Amblin produziu vários filmes de sucesso como Os Gremlins (1984), De volta Para o Futuro (1985) e Uma Cilada para Roger Rabbit (1988), além dos filmes dirigidos por Spielberg. 

Em 1993, Spielberg lançou outro de seus grandes sucessos de bilheteria, Jurassic Park, recorde de bilheteria com $357 milhões em vendas.

Em 1994, a Dreamworks SKG se tornou o primeiro estúdio de filmagem aberto em Hollywood em 75 anos. Steven Spielberg fundou a Dreamworks, sendo dono de 22% da companhia, em parceria com Jeffery Katzenberg e David Geffen. Alguns sucessos da Dreamworks são Saving Private Ryan (O Resgate do Soldado Ryan) (1998) (filme também dirigido por Spielberg), Beleza Americana (1999), Gladiador (2000) e o desenho animado Shrek (2001).

Em todo sua carreira, entre os filmes que Spielberg dirigiu estão: Ponte do Rio Kwai, Tubarão, Lawrence da Arábia, A quarta dimensão, Indiana Jones e o Templo Maldito, A Cor Púrpura, O Império do Sol, A última Cruzada, Hook, O Parque dos Dinosauros (Jurassic Park), Os aventureiros da Arca Perdida, A Lista de Schindler, Amistad, A.I. - Inteligência Artificial e Minority Report – a nova lei. São aproximadamente 30 filmes e telefilmes que o caracterizam como o cineasta mais famoso de Hollywood e consequentemente do mundo.

A Lista de Schindler

A Lista de Schindler é um filme baseado em fatos reais, contando parte da vida de Oscar Schindler (interpretado pelo famoso ator Liam Neeson). O filme foi indicado a 12 Oscars e ganhou em sete categorias distintas, incluindo as de melhor filme e melhor direção.  Spielberg doou o lucro do filme a uma fundação que apoia projetos judaicos.

O filme é profundamente tocante. São três horas que retratam a segunda guerra mundial e em particular o Holocausto, onde seis milhões de judeus europeus foram exterminados pelos nazistas. Mostra, com exatidão de detalhes, o processo que ocorreu na época. Primeiro, os judeus perderam seus direitos como cidadãos, sendo expulsos de suas casas, seus empregos e tendo todos os seus bens confiscados. Em segundo plano, foram postos em guetos, levados para campos de trabalho e depois para campos de extermínio. Spielberg mostrou a realidade como, de fato, ocorreu, retratando a brutalidade e a crueldade desumana que marcou tragicamente aquele período da história mundial.  No meio desse contexto aparece um herói, um homem que até então tinha sido um oportunista e membro do partido nazista. Esse homem arrisca sua vida e pessoalmente salva mais de mil pessoas judias da morte.

O filme, com exceção das cenas de abertura, do final do filme e de dois episódios no meio, é todo em preto e branco. O filme termina com os sobreviventes que foram salvos por Schindler na vida real, prestando uma homenagem a ele. 

Spielberg, além de prestar uma homenagem a um grande homem, produziu um filme que mostrou ao mundo um pouco do que foi o Holocausto e o terror nazista, despertando uma maior consciência. Spielberg diz que cada ser humano tem um dever moral em relação ao passado. Em relação ao Holocausto, Spielberg afirmou: "Estamos perdendo testemunhas dia após dia, e é bem provável que já na primeira década do século XXI, nem mesmo as testemunhas mais jovens estejam entre nós. É o momento para que os sobreviventes mais velhos se dirijam aos jovens de todos os lugares do mundo para que estes saibam o que lhes aconteceu, o que viram e vivenciaram".

Após o lançamento do filme A Lista de Schindler, o presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton, pediu através da CNN que o povo americano fosse assistir ao filme.

Fundação "Survivors of the Shoah" - Sobreviventes do Holocausto

A "Survivors of the Shoah" foi fundada por Steven Spielberg como uma organização sem fins lucrativos, dedicada a gravar e arquivar entrevistas dos sobreviventes do Holocausto, ao redor do mundo.

A Fundação está compilando a mais abrangente biblioteca de testemunhos de sobreviventes jamais vista. O arquivo será utilizado como instrumento para a educação sobre o Holocausto em geral e também para ensinar a tolerância racial, étnica e cultural.

Preservando os testemunhos dos sobreviventes, a Fundação possibilitará às futuras gerações aprender as lições deste período devastador na história da humanidade.

Conclusão

Um grande homem e um renomado diretor, seus filmes foram assistidos por um público maior do que os de qualquer outro diretor do mundo. Nenhum diretor conseguiu fazer tantos filmes, tão envolventes e com tanta ação. Spielberg continua seu trabalho, e esperamos que por um longo período, nos proporcionando experiências incríveis. 

 


Ver Próximo Artigo: Biografia de Osvaldo Cruz
 
Ver Artigo Anterior: Pablo Picasso
 


 

Minhas provas passadas
Recurso do gerador de provas
Professor: armazene on-line as provas que você criou no 10emtudo