Desenvolvido por Miss Lily Comunicação
Quem Somos Assine Já Fale Conosco FAQ Meus Dados Fazer Login
Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Delicious Blogger WordPress Enviar por e-mail
  Home

 
Pablo Picasso
 

Pablo Picasso

Pablo Picasso

Pablo Picasso (1881-1973) foi um dos mais influentes artistas do século XX. Criador de mais de 22.000 obras de arte em diversos meios, incluindo cerâmicas, esculturas, litografias, mosaicos e outras formas de arte, ele trabalhou com temas e estilos diferentes.

A vida e arte de Picasso estão completamente interligadas, já que sua vida pessoal esteve sempre presente em seu trabalho. Quanto tinha um novo amor, este constantemente era retratado em suas telas, e quando este amor acabava, a figura de uma adoração do passado era distorcida e algumas vezes aparecia em suas pinturas como um monstro. As mulheres na vida de Picasso sabiam quando estavam sendo trocadas, simplesmente através da observação de seu trabalho.

Picasso nasceu em Málaga, na Espanha, e posteriormente adotou o sobrenome de solteira de sua mãe, Maria Picasso Lopez; seu pai, José Ruiz Blasco também era um artista. Picasso estudou em escolas de arte de Barcelona e Madri, e após visitar Paris em outubro de 1900, ele passou a viajar entre a Espanha e a França, até 1904, quando se estabeleceu na capital francesa.

Os trabalhos de Pablo Picasso são frequentemente descritos através de uma série de períodos de transição.

O Período Azul de Picasso ocorreu entre 1901 e 1904. Nesta fase o artista retratou pessoas infelizes pintadas em tons de azul, evocando sentimentos de tristeza e alienação. Acredita-se que este momento tenha sido influenciado pelo suicídio de seu amigo Casagemas, ocorrido em 1901.

Em 1904, Picasso iniciou seu Período Rosa. Em abril do mesmo ano ele conheceu Fernande Olivier, e este novo romance refletiu-se em seu trabalho. Logo após se conhecerem, Picasso deu início à sua nova fase. Fernande Olivier foi o primeiro de muitos amores de Picasso, que serviram de inspiração para a sua arte. De fato, os traços de Olivier aparecem em muitas das figuras femininas de seus quadros durante vários anos. Picasso havia se estabelecido em Paris e seu Período Rosa transmitia mais otimismo.

Em 1906, Picasso conheceu Henri Matisse, um artista renomado que se tornou seu melhor amigo. Durante as décadas seguintes Picasso competia com Matisse e tentava impressioná-lo.

O ano de 1907 foi muito importante na carreira de Picasso: ele pintou Les Demoiselles d'Avignon (MOMA, em Nova Iorque) considerado o trabalho mais importante em direção ao desenvolvimento do cubismo e da abstração moderna. Esta tela revolucionou a arte e é uma de suas obras mais admiradas.

Les Demoiselles d’Avignon
Les Demoiselles d'Avignon

Pouco após o término de Les Demoiselles d'Avignon, Picasso e Georges Braque juntos inventaram o cubismo, a arte de fazer figuras a partir de formas como triângulos e cubos. Na primeira fase deste movimento, conhecida como cubismo analítico, os artistas fragmentaram o objeto/pessoa em múltiplas formas geométricas. Na segunda fase, conhecida como cubismo sintético, os artistas uniram diversas formas geométricas para representar uma pessoa, objeto ou outra forma, invertendo o processo da primeira fase.

Em 1911 Picasso conheceu outra das importantes mulheres de sua vida, Marcelle Humbert, vindo a se separar de Olivier, com quem estava na época. Picasso passou a chamar Marcelle de Eva, para mostrar que ela era seu primeiro amor. Marcelle também apareceu em suas pinturas, mas morreu repentinamente em 1917.

Em 1918, Picasso casou-se com Olga Koklova, uma dançarina russa com quem teve um filho chamado Paulo. O artista criou diversos quadros de Olga com seu filho, porém, em 1935, o casal se divorciou. Com o passar dos anos, ele começou a retratar Olga como uma terrível fera.

No início da década de 1930, Picasso conheceu Marie Thérèse Walter, a nova musa para suas obras e com quem ele teve uma filha, Maia (1935). Apesar de estar envolvido com Marie, Picasso conheceu Dora Maar em 1936, outro de seus amores que ele retratou em suas pinturas.

Guernica
Guernica

Em 1937, Picasso criou sua obra-prima, Guernica. Guernica é uma cidade espanhola que foi bombardeada pelos nazistas como sinal de apoio ao general espanhol Francisco Franco, que lutava contra a República Espanhola. Neste quadro, Picasso retrata os horrores da guerra.

Apesar de representar os males do conflito armado em Guernica, e de ser um opositor declarado do General Franco, Picasso permaneceu em Paris durante a Segunda Guerra Mundial, apesar da ocupação alemã. Durante a guerra, Picasso uniu-se ao partido comunista e quando o conflito chegou ao fim, ele foi a Moscou para demonstrar seu apoio a Stalin.

A vida pessoal de Picasso passou por tumultos na década de 1940, quando conheceu a artista Françoise Gilot. Gilot foi uma artista com quem Picasso teve dois filhos - Claude e Paloma. Ela foi a única mulher a deixá-lo (1953) e a única que ele não distorceu em suas pinturas. Ao contrário, com o fim do romance, o artista desfigurou sua própria imagem.

Em 1961, Picasso casou-se com Jacqueline Roque.

Ao longo dos anos, Pablo Picasso aventurou-se por estilos diversos. Ele revolucionou a escultura, utilizando objetos do dia a dia como matéria-prima, ampliando a definição entre o artístico e o não-artístico. Em suas pinturas, Picasso experimentou diferentes formas e cores, e também diferentes movimentos artísticos, como o surrealismo.

Picasso foi um artista ativo até o fim de sua vida. Trabalhando sistematicamente na escultura, cerâmica, pintura e nas artes gráficas, ele continuou explorando seu talento até a sua morte, ocorrida em 1973. Picasso faleceu em casa, em Notre-Dame-de-Vie, na França no dia 8 de abril, aos 91 anos.

 


Ver Próximo Artigo: Steven Spielberg
 
Ver Artigo Anterior: George Washington
 
Apostilas


 

Banco de Questões
Novas questões de Exatas
87 de Física, 334 de Química e 330 de Matemática