Desenvolvido por Miss Lily Comunicação
Quem Somos Assine Já Fale Conosco FAQ Meus Dados Fazer Login
Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Delicious Blogger WordPress Enviar por e-mail
  Home

 
George Washington
 

George Washington

O Primeiro Presidente Norte-Americano

George Washington

George Washington, um dos fundadores e primeiro presidente na história dos Estados Unidos da América, nasceu em Wakefield, estado da Virgínia, em 1732. Seu pai foi um próspero fazendeiro que morreu quando George tinha apenas 11 anos. Ele então se mudou para a casa de seu meio-irmão mais velho, Lawrence, que possuía a plantação Monte Vernon. Lawrence faleceu em 1752, e Washington ficou como guardião de sua filha na plantação. Quando esta faleceu, em 1761, ele herdou a propriedade.

Durante sua permanência em Mount Vernon, Washington lia muito. Ele estudou ciência militar por conta própria e aproximadamente em 1753, começou a servir na milícia de seu estado. Ao longo dos cinco anos seguintes, Washington serviu no exército americano lutando ativamente em guerras contra a França e os Nativos. Durante os esforços de guerra George adquiriu experiência militar e prestígio.

bandeira dos Estados Unidos da América

Em 1758, Washington deixou as forças armadas. Pouco depois, em 1759, ele casou-se com Martha Dandrige Curtis, uma rica viúva e mãe de dois filhos. George Washington nunca teve seus próprios filhos, mas criou as crianças de sua esposa e posteriormente seus netos. O casal vivia conjuntamente e ele se tornou um bem-sucedido e próspero fazendeiro. Contudo, Washington desistiu de sua vida de conforto para enfrentar os britânicos e conquistar a independência norte-americana.

Em 1774, Washington foi eleito representante da Virgínia no Primeiro Congresso Continental - o primeiro órgão governamental americano. Em junho de 1775, o Segundo Congresso o escolheu para comandar as tropas americanas, conhecidas como o Exército Continental. Sua escolha deve-se tanto por sua experiência militar, riqueza e reputação, como também por seu porte físico marcante: ele era forte, com 1,85m de altura e apresentava uma saúde de ferro. Washington era conhecido por ser um organizador talentoso e um homem de determinação e caráter firmes. Sendo assim, durante a guerra, ele serviu seu país com admirável coragem e determinação.

As mais notáveis realizações militares de George Washington foram sua corajosa travessa do Rio Delaware para debandar as tropas inimigas em Trenton, na noite de Natal do ano de 1776, e sua capacidade de manter seu exército unido durante o árduo acampamento de inverno no Vale Forge, entre 1777 e 1778. Sua vitória sobre os britânicos em Yorktown (1781) assegurou efetivamente a vitória norte-americana.

Após a guerra, Washington permaneceu ativo nos assuntos do recém-formado país. Em 1789 foi eleito o primeiro presidente dos Estados Unidos da América e foi reeleito em 1793. Porém, em 1796, Washington declarou que não iria mais concorrer a um novo mandato e deixou o cargo no ano seguinte, estabelecendo desta forma um precedente para apenas dois mandatos presidenciais. Em 1798, aceitou liderar um exército americano condicional quando acreditava-se que uma guerra poderia irromper entre Estados Unidos e França. Esta ameaça, porém, nunca se materializou.

George Washington faleceu em sua casa em Monte Vernon, no ano de 1799. Pessoas ao redor do mundo lamentaram sua morte e quase que imediatamente ele ganhou popularidade lendária. As gerações posteriores de outras nações mundiais homenageavam seus líderes nomeando-os de "o George Washington" de suas nações.

O Legado de George Washington

George Washington teve um papel central na criação dos Estados Unidos. Ele foi o comandante militar que conduziu as tropas de seu país à vitória e, apesar disso, não é lembrado como um gênio militar e sim como um bravo patriota, que resistiu à severas mudanças para tornar-se vitorioso. Diversos outros líderes militares americanos foram derrotados durante a Guerra Revolucionária enquanto George Washington, ainda tendo perdido algumas batalhas, foi capaz de prevalecer e conquistar a independência para seu país.

No papel de líder político, Washington foi decisivo para a solidificação da Constituição Americana. Este documento continua sendo a base para as leis americanas, direitos e deveres democráticos do país. Os Estados Unidos da América, assim como seu próprio nome sugere, foi inicialmente constituído por Estados semi-independentes. Washington foi capaz de unir os governantes de muitos destes Estados que se opunham à Constituição.

Como primeiro presidente norte-americano, Washington recusou-se a assumir o papel de rei ou monarca. Ele era um forte defensor da democracia e permitiu que o país emergisse como uma nação verdadeiramente voltada aos interesses do povo. Washington foi eleito e reeleito ao cargo, mas após o final de seus mandatos, ele não tentou permanecer no poder. Ele então estabeleceu a organizada e pacífica passagem de poder de um líder eleito para outro - um precedente que sempre permaneceu em vigor em toda a história dos Estados Unidos.

George Washington não era um grande pensador ou orador assim como outros líderes americanos anteriores: Thomas Jefferson, James Madison ou Benjamin Franklin. Entretanto, sua liderança provou ser ainda mais valiosa que a mente brilhante destes homens. Não fosse por sua liderança, provavelmente as bases para a lei, ordem e democracia nos Estados Unidos não teriam se estabelecido de forma tão sólida e não teriam resistido ao tempo.

O legado do primeiro presidente norte-americano continua até hoje. A capital do país, Washington D.C. (Distrito de Colúmbia), recebe seu nome. Uma nação agradecida reconhece que sua grandeza se deve em grande parte a homens como Washington, que lutaram para criar um país baseado nos ideais de "vida, liberdade e a busca pela felicidade". Mesmo que a história americana não seja impecável, a nação provou ser uma fonte de liberdade, oportunidade e riqueza para norte-americanos e imigrantes de outras nações do mundo.

 


Ver Próximo Artigo: Pablo Picasso
 
Ver Artigo Anterior: Carl Gustav Jung
 
Apostilas


 

Aulas de Inglês
5 novas aulas
Aulas de Interpretação de Textos