Desenvolvido por Miss Lily Comunicação
Quem Somos Assine Já Fale Conosco FAQ Meus Dados Fazer Login
Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Delicious Blogger WordPress Enviar por e-mail
  Home

 
Estudar em cima da hora
 

Estudar em cima da hora

aluno estressado estudando

Em artigos anteriores, explicamos que você nunca deve estudar para uma prova na véspera. Mas às vezes, é inevitável que isso aconteça. Caso você se encontre em tal situação indesejável, oferecemos as seguintes sugestões de como estudar em cima da hora:

- Na noite anterior à prova, ingira alimentos que lhe darão energia para estudar, mas não consuma açúcar em excesso, pois isso fará com que você se sinta extremamente hiperativo e tenha dificuldades em sentar-se e se concentrar nos estudos.

- Para ficar acordado, é preferível comer uma maçã a tomar algo que contenha cafeína. A maçã, graças a seu baixo índice glicêmico, serve como combustível de longa duração para o cérebro. Já ingerir cafeína demais pode fazer com que você se sinta irritado ou ansioso, e isso pode prejudicar seus estudos. O mero fato de você estar estudando “em cima da hora” gera ansiedade. Não é recomendável ingerir um estimulante que possa aumentá-la.

- Escolha algum lugar tranquilo e bem iluminado para estudar. Não o faça com a televisão ligada, pois isso o distrairá. Também não é aconselhável estudar ouvindo música – isso prejudica a concentração. Não estude em um lugar confortável demais, como sua cama, pois você pode acabar adormecendo.

- Mesmo que esteja preocupado com a prova do dia seguinte, tente manter a calma e o otimismo. Sentimentos de confiança são uma fonte de ânimo. Nós nos tornamos muito mais produtivos quando estamos confiantes. Já o estresse é algo que causa exaustão e prejudica o raciocínio.

- Como dispõe de pouquíssimo tempo para se preparar, você precisa decidir o que estudar. A verdade é que, a menos que a prova teste muito pouco material, você dificilmente terá tempo suficiente para estudar tudo. Concentre-se no que é mais importante. Seu objetivo é tentar assimilar os conceitos que provavelmente serão os mais enfatizados no teste. O importante é tentar tirar a melhor nota possível, e não aprender toda a matéria.

- Estude, decore e revise as principais ideias, os fatos mais relevantes e todas as fórmulas (no caso de uma prova de Ciências). Deixe os detalhes para mais tarde – caso sobre tempo. Estudar em cima da hora geralmente significa não ter tempo para estudar toda a matéria. No artigo sobre como fazer uma boa prova, sugerimos começar pelas questões mais fáceis para que você some pontos e apenas depois disso, enfrente as questões mais longas e complicadas. Um conceito parecido se aplica a esta situação: estude o que há de mais importante para que você acerte a maioria das questões. Estudar os detalhes é algo a ser feito só depois de aprender os conceitos fundamentais.

- Ao estudar, anote as principais ideais e fórmulas. Para muitos, escrever é uma ótima forma de decorar. Quando terminar, revise suas anotações. Tente decorá-las. Como mencionamos anteriormente, é provável que não tenha tempo suficiente para estudar todo o material. Portanto, tente, pelo menos, assimilar as principais ideias e decorar as informações que anotou.

- Mesmo que suas anotações não contenham muitas informações, certamente haverá algumas mais importantes que outras. Sublinhe as ideais ou fórmulas mais relevantes. Estude-as até que você as saiba tão bem quanto o próprio nome.

- Alguns livros didáticos contêm um resumo ao final de cada capítulo. Se for o caso, estude-o. Quando bem feitos, os resumos trazem as principais ideias do material. Na falta dele, leia rapidamente o(s) capítulos(s) do livro e tente identificar as principais ideias. Anote-as e tente decorá-las.

- Consulte séries de exercícios e anotações que fez em sala de aula. É provável que os principais conceitos do assunto a serem testados tenham sido expostos pelo professor. Afinal, há um motivo para que ele lecione. Se a prova não testar nada do que foi abordado em aula, os alunos podem questionar o propósito de assistir a ela – algo que nenhum professor deseja responder. Portanto, se você costuma prestar atenção ao professor e tem o saudável hábito de anotar o que ele ensina em classe, já deve estar relativamente bem preparado para o exame. Se não houver tempo de estudar o material todo, limite-se a suas anotações.

- Após estudar durante uma hora, pare por cinco minutos. Descanse um pouco. Coma uma fruta, beba um pouco de água. Essa pausa ajudará seu cérebro a relaxar. Estudar sem parar por mais de uma hora pode deixá-lo física e mentalmente esgotado.

- Se for possível, tente dormir pelo menos três horas, pois essa é a duração mínima de um ciclo de sono. É melhor dormir algumas horas do que não dormir nada. Às vezes, é melhor dormir um pouco mais e estudar um pouco menos. Caso contrário – se você passar a noite inteira acordado – terá dificuldades em se concentrar durante a prova. Corre o risco de não conseguir se lembrar do que estudou na noite anterior.

- Antes da prova, se possível, coma uma maçã. Como foi explicado, essa fruta constitui uma ótima fonte de carboidratos, que são o combustível para o corpo e o cérebro. Se você estudou “na véspera”, provavelmente não dormiu o suficiente. Isso significa que precisará de uma fonte de energia duradoura para se manter acordado e concentrado durante a prova. A maçã é um tipo de carboidrato que gera energia por muitas horas. Esse conselho vale tanto para atividades físicas quanto mentais.

- Se estiver com muito sono antes do exame, você pode tomar alguma bebida que contenha cafeína. Mas não exagere. Muita cafeína pode fazer com que se sinta muito ansioso no decorrer da prova.

- Na noite anterior à prova, não se esqueça de programar o despertador. Se dormir poucas horas, é possível que você tenha dificuldades para acordar cedo na manhã seguinte. Se possível, programe dois despertadores. E tenha certeza de que o volume é alto o suficiente para acordá-lo, mesmo que você esteja em um sono profundo.

 


Ver Próximo Artigo: Dicas para provas de Múltipla Escolha
 
Ver Artigo Anterior: Dicas de estudo
 


 

Aulas de Biologia
7 novas aulas
Fisiologia Animal – índice Vestibular